PUB
PUB
Nacional
Redação Lux em 10 de Outubro de 2022 às 10:00
“Submissão” traz Maria João no seu último papel de cinema
1/2 - João Soares e Ricardo Raposo - Antestreia de 'Submissão' nos Cinemas NOS Colombo Foto: Tiago Frazão/Lux
2/2 - Iolanda Laranjeiro e João Catarré com Leonardo António, o realizador - Antestreia de 'Submissão' nos Cinemas NOS Colombo Foto: Tiago Frazão/Lux

O filme “Submissão”, de Leonardo António, com Iolanda Laranjeiro, João Catarré, José Raposo e Marcantónio del Carlo, traz Maria João Abreu no seu último papel de cinema e, na antestreia que teve nos Cinemas NOS Colombo, a sua memória ecoou e foi aplaudida com emoção.

A atriz, que morreu no dia 13 de maio de 2021, já tinha anunciado a sua participação na longa metragem, com elogios a Iolanda Laranjeiro, a personagem principal. E destafeita, Iolanda fez-lhe um tributo felicitando com emoção a amiga pelo filme que estreia no dia 20 de outubro nas salas portuguesas.”Que orgulho em ti, como sempre. Obrigada, Maria João. Publicamente. Por teres feito este filme. Por a amizade estar sempre à frente de qualquer compromisso ou cheque. Vai sair, meu Amor. E o Amor vê-se por todo o lado.Parabéns a ti”.

“Submissão” dá visibilidade a um tema pouco discutido mesmo quando se fala de violência doméstica, a violação no matrimónio.

É uma obra que toca num tema muito delicado que é a violência doméstica, neste caso com a vítima feminina  mas sabemos que é um tema que aflige amos os sexos. Penso que o filme é muito importante por trazer à tona este tema e depois do ponto de vista artístico, a imagem, a realização, é belíssimo. Da parte dos atores, são todos magníficos, em particular a Iolanda que faz um papel admirável e, claro, a Joãozinha que em tudo o que fazia era sempre a mulher maravilha e trazia um brilho extra que penso que todos conseguimos perceber"

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção