Nacional
Cláudio Ramos: 'A televisão, como a vida, é feita de ciclos, de espaço para todos'
Cláudio Ramos e Teresa Guilherme Foto: Instagram
Redação Lux em 13 de Agosto de 2020 às 11:00

Depois de uma noite cheia de emoções, com a final do “Big Brother 2020”, Cláudio Ramos deixou os estúdios da Venda do Pinheiro e viajou para Fátima. Um momento de introspeção para dar forma à sua convicção de que há uma força maior a guiar-lhe os passos: “Fátima depois do programa. Silêncio depois do barulho. No corpo a roupa da gala. Nos pés os sapatos do estúdio. Na mente a gratidão, porque deste lugar chegou-me sempre uma força a cada semana e foi este lugar que muitas vezes me escutou”, escreveu depois desta viagem espiritual.

Seguem-se agora umas férias, ao lado da filha, Leonor, para repor baterias e esperar pelos novos projetos. Antes desta pausa, Cláudio Ramos ficou a saber que não voltará à próxima edição de “Big Brother”.

A TVI anunciou que será Teresa Guilherme quem volta a conduzir o reality show: “Que felicidade poder reviver e celebrar essa data que mudou a minha vida e a história da televisão em Portugal. Que bonito estar de volta”, disse Teresa Guilherme.

Esta será então a primeira mudança mais visível da era Cristina Ferreira, enquanto nova diretora de Entretenimento e Ficção da estação de Queluz de Baixo. Também numa fase de reflexão, Cristina Ferreira escolheu vários destinos turísticos do Norte de Portugal, entre eles o Gerês, para as suas férias.

A tranquilidade antes de agarrar as rédeas da sua nova função: “Tentarei honrar sempre o carinho que me devolvem.” Antes destes dias idílicos, aconteceu o reencontro com Cláudio Ramos: “Dois amigos juntos. Dois apresentadores juntos. Uma única estação”, escreveu na legenda que publicou ao lado do seu antigo “vizinho”.

A TVI anunciou que Cláudio Ramos “começa agora a trabalhar no seu próximo projeto”, mas sem levantar o véu do que será.

O apresentador já reagiu à escolha de Teresa Guilherme para conduzir o próximo “BB”: “Fazer o ‘Big Brother’ na edição que assinalou os seus 20 anos em Portugal foi um gigante presente do universo. Na minha opinião, um caminho bonito é feito de espaço e oportunidades. Foi-me dado espaço e oportunidade. Agarrei ambos com toda a força que tinha e assim seguirei, porque só consigo ser e fazer assim. Ver a Teresa de regresso ao formato é a certeza de que a televisão, como a vida, é feita de ciclos, de espaço para todos e de coisas bonitas. Faz sentido que assim seja quando temos memória. A memória é preciosa. Serei o primeiro a estar frente ao ecrã a ver. Como vi a vida toda. A torcer como tenho a certeza que a Teresa torceu por mim esta temporada. Boa sorte e bem-vinda de volta a casa.”

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção