PUB
PUB
Nacional
Miguel Sousa Tavares diz adeus ao jornalismo
Miguel Sousa Tavares - Lançamento de «O Irmão Alemão» Foto: Artur Lourenço/Lux
Redação Lux em 13 de Setembro de 2021 às 16:00

Miguel Sousa Tavares revelou que, com algum “alívio”, mas também “cansaço e desilusão”, decidiu deixar o jornalismo numa entrevista à revista Visão.

O  jornalista, escritor, editor e comentador político, de 69 anos, que acaba de lançar um novo romance, “Último Olhar”, declarou: “Foram 45 anos a fazer jornalismo, acho que já chega. (..) Daqui a três semanas entrego a minha carteira profissional de jornalista e deixo de fazer jornalismo. Vou continuar a ter a minha coluna de opinião no ‘Expresso’ – isso, para mim, não é jornalismo – mas acabaram as reportagens, as entrevistas, isso tudo. Ponto final”.

Miguel Sousa Tavares admite que a escrita será o seu modo de sobrevivência:  “Foram 45 anos a fazer jornalismo, acho que já chega. Tenho de ir saindo do palco. Não sei se a escrita será o meu modo de vida, mas vai ser, seguramente, o meu modo de sobrevivência. É isso que me vai ajudar a não perder o juízo... Vai ser a minha bengala. Nunca vou deixar de escrever. Ficção... Sim. E o que me vier à cabeça. Mas jornalismo não faço mais”.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção