PUB
PUB
Nacional
Joana Duarte concilia as gravações da novela “Cacau” com a dedicação à filha, de 1 ano
Joana Duarte Foto: Artur Lourenço/Lux
Redação Lux em 15 de Fevereiro de 2024 às 18:00

Joana Duarte volta a sentir a alegria de vestir a pele de uma nova personagem, com o seu regresso à representação na novela da TVI “Cacau”. “Sentia falta desta rotina que é gravar: ler os textos, fazer cena após cena, mergulhar na personagem, moldá-la, adaptá-la”, admite a atriz à Lux, confessando as saudades que tinha da profissão. Aos 37 anos, Joana dá assim um novo fôlego à carreira artística, numa altura em que também na sua vida pessoal é uma mulher diferente, desde que foi mãe de Mia há quase um ano.

“Sou muito organizada em relação à minha agenda profissional e pessoal, nomeadamente agora que tenho uma filha. A gestão é grande e meticulosa, mas muito exequível e consigo ter um bom equilíbrio entre o trabalho e a minha vida. Tenho a sorte de ter uma rede de suporte que me ajuda muito com a Mia”, explica. A bebé, que a 20 de fevereiro celebrará o seu primeiro aniversário, veio transformar o dia a dia da atriz, que descreve este ano de estreia enquanto mãe com “um balanço incrível”: “Ser mãe está a ser um grande desafio, mas também uma experiência única. A maternidade tem-me ensinado a viver no presente, a ter que ser mais calma e paciente e também me tem dado muita maturidade. Não poderia estar a ser mais positivo.”

Além disso, tem-lhe permitido conhecer novas facetas de si própria. “Descobri que sou capaz de amar alguém com todo o meu ser. Que esse amor, às vezes, dá medo e que também traz muita culpa. Descobri que na maternidade tudo são fases, e que passam, e descobri que sou mais forte e capaz do que alguma vez imaginei”, considera. Feliz e dedicada à filha, é com ternura que Joana Duarte fala da sua bebé e da etapa que agora atravessa: “A Mia está numa fase em que brinca imenso. É uma aventureira e adora explorar. É muito interessada na vida e em aprender coisas novas. Já gatinha, e é uma bem-disposta.” Momentos especiais na vida de uma mãe que agora, juntamente com as gravações da “Cacau”, lhe tomarão grande parte da sua disponibilidade.

E entre a família e o trabalho, resta tempo para si? “Ainda estou a aprender a gerir o meu tempo. Sou mãe, mas não quero deixar de ser a Joana. Tenho, pouco a pouco, conseguido voltar à rotina dos treinos e do yoga, o que me faz muito bem”, conta a atriz. Já para lhe preencher o coração, parece não haver espaço para outra pessoa senão Mia. Pelo menos, é a filha a única que menciona quando lhe perguntamos se está solteira: “Sinto-me bem e feliz. Estou muito focada na minha filha, de momento, que precisa muito de todo o meu tempo e amor.”

Para além da realidade, há contudo outra “pessoa” que lhe tem merecido muita atenção: Cláudia, a sua personagem em “Cacau”. Trata-se de uma mulher que, após o pai ser preso por corrupção, decide mudar-se para o Brasil e abrir uma pousada em conjunto com o marido. Uma história que lhe tem proporcionado a gravação de “cenas fortes”, como as que serão exibidas “nos episódios mais para a frente” da novela. “Essas cenas exigiram muito de mim a nível emocional e foram um grande desafio”, relata. Desafio este que surge após uma paragem na representação, mas que nem por isso lhe causou maior ansiedade. “Não diria ansiosa, pois encaro todos os projetos de uma forma muito focada e profissional. O regresso deixou-me com bastantes expectativas, pois é voltar a uma rotina muito específica, da qual já não estava habituada há cinco anos. Mas tem sido muito bom e qualquer ânsia possível fica para trás quando sei que estou no projeto certo e que estou a fazer aquilo que gosto e que tinha imensas saudades de fazer, que é representar”, responde Joana, realçando que nem nos primeiros dias de gravação se deixou levar pelo nervosismo.

“Não tive nervos, os diretores de atores ajudaram-me muito na construção da personagem e nas ferramentas a usar.” Além disso, há outros fatores que destaca para que este regresso esteja a ser tão prazeroso. “Está a correr muito bem, a equipa é maravilhosa, a qualidade incrível, a história superinteressante! É, sem dúvida, um projeto especial”, sublinha. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção