Nacional
José Condessa explica saída da novela 'Salve-se Quem Puder'
José Condessa
Redação Lux em 15 de Junho de 2020 às 12:20

José Condessa deixou a novela "Salve-se quem Puder" da Globo. Segundo revelou a Globo, o ator português, que interpretava o personagem Juan, já tinha assumido compromissos em Portugal para quando terminasse novela, mas com as interrupções das gravações ditadas pela pandemia, não é possível finalizar a sua participação.

"A Globo já estava ciente do compromisso do ator, mas não foi possível conciliar as agendas, infelizmente" informou a emissora.

Face a alguns críticas recebidas, o ator que será protagonista de uma novela da TVI, de Portugal, recorreu às redes sociais para explicar a sua saída.

"Pensei muito antes de escrever sobre este assunto, mas tornou-se difícil não me pronunciar depois de ler algumas notícias que puseram em causa duas coisas muito importantes para mim, e pelas quais tenho o maior respeito: o valor da minha palavra e o meu trabalho. Infelizmente não vou conseguir terminar a novela Salve-se Quem Puder, não por decisão minha, mas porque tenho há muito tempo vários compromissos agendados em Portugal que não posso abandonar. Compromissos esses, que foram dados a conhecer à Globo e a todas as partes envolvidas, antes mesmo de assinarmos contrato. Estes compromissos não seriam um obstáculo se este vírus, que surpreendeu o mundo inteiro, não nos tivesse vindo trocar as voltas e alterar o rumo das coisas – alterou, inclusivé, as datas de fim da novela, previstas para Junho/Julho. Desde o primeiro momento, eu e a emissora estivemos juntos, e tentámos encontrar uma solução, mas a situação actual do Brasil tem vindo a atrasar ainda mais as datas de regresso das gravações", explica o ator de 23 anos.

O ator ressalta ainda a sua palavra e profissionalismo evidenciando que rejeitou um projeto internacional por estar, na altura, comprometido com a Globo: "Desde muito cedo que entendi que há três coisas que tenho como preciosas: a minha palavra, o meu profissionalismo e a profunda gratidão por tudo o que tenho oportunidade de fazer e pelas pessoas que tenho comigo neste jornada. A minha palavra é a coisa mais valiosa que tenho. Assim que dei a minha palavra à Globo e me tornei parte do elenco da novela, surgiu um outro projecto internacional que, logicamente, rejeitei. Por várias vezes isto aconteceu ao longo do tempo que estive no Brasil, e a minha postura foi e será sempre a mesma: um compromisso é um compromisso. Trabalho todos os dias para ser o melhor profissional que consigo ser. Profissionalismo, para mim, não passa só por trabalhar para ser um bom actor. Traduz-se também na forma como trato todos aqueles com quem trabalho e que confiam em mim. Como tal, e como é meu hábito, desde o primeiro dia, tentei ser o mais correcto com a Globo e com todos os meus colegas de trabalho e, até ao último momento, tentei arranjar uma solução junto com a emissora que não passasse por ter de sair da novela"

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção