PUB
PUB
Nacional
Cristina Ferreira recusa pagar os 12 milhões de euros exigidos pela SIC
Cristina Ferreira recebe prémio Personalidade de Excelência 2023 na Gala Anual Superbrands Foto: Artur Lourenço/Lux
Redação Lux em 15 de Novembro de 2023 às 09:57

O público escolheu  Cristina Ferreira como Personalidade de Excelência 2023, prémio atribuído durante a 19.ª edição da Gala Anual  Superbrands. Ao lado de outras três figuras, chef Kiko, Rita Pereira e Vasco Palmeirim, a apresentadora da TVI tem mostrado que é uma mulher de sucesso também nos bastidores. Um prémio que a deixa “feliz e ciente da forma como me veem depois destes quase 20 anos de percurso”:  “A gestão pessoal, profissional, de equipas, marca, gestão televisiva e administração executiva tem-me permitido crescer num caminho que tenho feito sempre com o objetivo de, profissionalmente, me tornar melhor e mais eficaz.”

Um momento que soma às suas conquistas profissionais, dias antes de arrancar o julgamento em que a SIC lhe pede uma indemnização de cerca de 12 milhões de euros por quebra de contrato, uma vez que, em julho de 2020, a apresentadora e diretora de Ficção e Entretenimento da TVI cessou de forma unilateral o contrato com a estação de Paço de Arcos.

Numa audiência de quase três horas à porta fechada no Tribunal de Sintra, Cristina Ferreira, que não falou aos jornalistas, recusou pagar o valor total da indemnização, cerca de 12 milhões de euros, estando disposta a pagar 2,3 milhões de euros, menos de 20%, correspondentes aos meses de trabalho que não exerceu por ter deixado a SIC antes do final do contrato. O julgamento prossegue agora por não ter havido acordo entre as partes. 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção