Nacional
"Mosquito", de João Nuno Pinto, estreia em França a 22 de Junho
"Mosquito" de João Nuno Pinto
Redação Lux em 17 de Junho de 2020 às 12:33

"Mosquito", realizado por João Nuno Pinto e escrito por Fernanda Polacow e Gonçalo Waddington, chega às salas francesas a 22 de Junho.

Protagonizado por João Nunes Monteiro e produzido por Paulo Branco, o filme, inspirado na experiência do avô do realizador, que integrou o exército português que em Moçambique combateu as forças alemãs durante a Primeira Grande Guerra, é um dos filmes em destaque na reabertura das salas de cinema francesas. A 22 de Junho estreia em 9 das salas mais importantes em várias cidades cidades de França,  seguindo posteriormente para mais 10 nas semanas seguintes (ver calendário em baixo).

Alguma crítica da especialidade já viu o filme e a prestigiada revista Positif refere-se-lhe assim: "O plano de fundo autobiográfico do guião, alimentado pelas memórias do avô do cineasta, um soldado perdido numa África hostil e fantasmagórica, deriva lentamente em direcção a um relato de uma experiência limite. Mantido nos acampamentos muito atrás dos conflitos ao vivo contra os alemães, Zacarias convence os seus superiores a deixá-lo juntar-se ao seu regimento a caminho da frente de batalha, juntamente com dois subordinados negros. É então que se iniciam as hostilidades estranhas em terra desconhecida. Lançado na perseguição de uma companhia de soldados de infantaria que nunca conseguirá alcançar, o soldado perde-se nas planícies que escurecem com o cair da noite e encadeia então os encontros improváveis neste espaço selvagem." (Nicolas Bauche, Positif). 

Filme de abertura no Festival de Roterdão em 2019, um facto inédito para o cinema português,"Mosquito" continua assim o seu percurso internacional, tendo já passado pelos festivais de Luxemburgo e de Gröningen.

Em Portugal, "Mosquito" estreou a 5 de Março em cerca de 30 salas e, ainda que com um percurso em sala interrompido pela pandemia, "Mosquito" voltou ao cartaz na reabertura das salas de cinema (será ainda exibido no Espaço Nimas, em Lisboa, a 23 Jun, 1 e 6 Jul).

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção