PUB
PUB
Nacional
Há quase um ano a viver com as duas sobrinhas, Sofia Ribeiro fala da mudança que sente desde que tem esta responsabilidade
Sofia Ribeiro Foto: SIC
Redação Lux em 17 de Junho de 2024 às 14:00

"É muito desafiante, mas depois é um amor enorme que nos dá força para tudo o resto!” Há quase um ano a viver com as duas sobrinhas, é desta forma que Sofia Ribeiro descreve a sua nova vida desde que assumiu esta responsabilidade familiar.

“Foi uma grande mudança. Ainda estou a aprender e acho que vou estar até a vida me deixar”, refere a atriz. “Está a correr tudo bem. Já encontrámos a nossa dinâmica familiar, que ao início tivemos que descobrir, mas é muito desafiante. Estamos a falar de duas crianças, uma delas em pré-adolescência e outra a caminho, e uma vida também bastante agitada profissionalmente. Tem de ser, não dá para ser de outra forma, para se conseguir chegar a tudo e enfrentar as responsabilidades”, realça.

Desafios e ensinamentos que Sofia tem abraçado com amor e humildade, mesmo nos momentos em que possa sentir alguma insegurança. “Há dias em que uma pessoa pensa ‘será que sou mesmo capaz de fazer isto’? Depois olho à volta e vejo a quantidade de mães sozinhas, sem apoio nenhum, com tantas dificuldades de vida e financeiras... e elas conseguem. Por que é que não hei de conseguir também?” “Educar é muito difícil e uma coisa é passarmos finais de semana, como nós fazíamos, outra é estarmos com uma responsabilidade destas, de educar dois seres para a vida. Quero poder passar-lhes os melhores valores”, acrescenta.

Se está feliz a nível familiar, o mesmo se pode dizer no plano profissional, já que continua realizada a gravar a novela da SIC “Senhora do Mar”, na qual interpreta a protagonista. Uma experiência gratificante enquanto atriz e reconhecida pelo público. “De crianças a avós, é encantador receber o carinho das pessoas. Dizem-me que estão muito surpreendidas e que nunca me tinham visto neste registo. Fiz umas quantas vilãs seguidas e, às vezes, as pessoas tendem a misturar... eu própria cheguei a pôr em causa e pensar ‘será que sou capaz de fazer outra coisa’? Nunca tinha feito o que chamamos de ‘a boazinha’. Só que esta personagem é muito completa e ver que as pessoas reconhecem que houve dedicação da minha parte deixa-me muito feliz e orgulhosa”, confessa. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção