Nacional
Nuno Artur Silva vai ser Secretário de Estado
Nuno Artur Silva - Antestreia de «O Leão da Estrela» 17.11.15 Foto: Artur Lourenço/Lux
Redação Lux em 21 de Outubro de 2019 às 15:24

Nuno Artur Silva, fundador das Produções Fictícias e que deixou a administrador da RTP há pouco mais de um ano, vai assumir  funções governamentais como secretário de Estado.

Este Governo vai contar com dois secretários de Estado no Ministério da Cultura , com Ângela Ferreira a tutelar o Património Cultural e Nuno Artur Silva, de 57 anos,  na pasta do Cinema, Audiovisual e Media, uma novidade criada para este XXII Governo Constitucional.

Nuno Artur Silva fica a tutelar a RTP, a empresa pública dde onde foi afastado da administração pelo Conselho Geral Independente (CGI), por alegado conflito de interesses.

O autor fez uma nota na sua página de facebook para anunciar o cancelamento do espetáculo "Onde é que eu ia".

"Uma nota para anunciar o cancelamento do solo acompanhado que ia estrear com o António Jorge Gonçalves e paréa pedir desculpa a todos os que já compraram bilhetes (podem consultar a página da Sons em Trânsito para saberem como devem fazer para que o dinheiro seja devolvido).
O cancelamento deve-se ao convite que recebi e aceitei para ocupar as funções de Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Média.
Não posso deixar de assinalar que o "Onde É Que Eu Ia?" começava precisamente por falar de quando eu estava a fazer um espectáculo anterior e tive de o interromper para ocupar a função de administrador da RTP. A pergunta do título referia-se ao recomeço da vida de artista depois da vida de administrador.
Ou seja, de cada vez que apresento um espectáculo de stand up comedy sou convidado para um cargo público."

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção