Nacional
Redação Lux  com Lusa em 22 de Junho de 2016 às 18:10
Ronaldo marca à Hungria e deixa para trás Eusébio e Nuno Gomes

 

Cristiano Ronaldo isolou-se hoje como melhor marcador da seleção portuguesa de futebol em fases finais de grandes competições e do Europeu, deixando para trás o ‘rei’ Eusébio e Nuno Gomes, respetivamente, ao marcar na estreia no Euro2016.

Com o golo aos 50 minutos, de calcanhar, face Hungria, que valeu o 2-2, o ‘capitão’ da seleção lusa passou a contar 10 tentos em fases finais, face aos nove de Eusébio, que lhe deram o título de melhor marcador do Mundial de 1966, e sete em campeonatos da Europa, contra seis de Nuno Gomes.

O ‘7’ luso, que reforçou o estatuto de melhor marcador do Europeu, juntando qualificação e fase final (27 golos), tornou-se também o primeiro jogador da história a marcar em quatro Europeus, sendo que, juntando os Mundiais, também é o único com golos em sete fases finais.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção