Nacional
Redação Lux em 22 de Junho de 2020 às 16:53
Estado de calamidade prolongado: as medidas para Lisboa
Redação Lux em 22 de Junho de 2020 às 16:53

O estado de Calamidade vai ser prolongado em alguns concelhos da região de Lisboa, anunciou o primeiro-ministro esta segunda-feira, após reunião com os autarcas dos cinco concelhos mais afetados pela pandemia de Covid-19, Lisboa, Sintra, Amadora, Odivelas e Loures.

António Costa anunciou que o núcleo do problema de novos contágios de Covid-19 “centra-se em 15 freguesias do conjunto destes concelhos”, que serão sujeitas a novas medidas de confinamento que entram em vigor às 00:00 de terça-feira, sem especificar quais são essas 15 freguesias.

Para controlar a expansão da pandemia, o Governo vai desenvolver um programa designado Bairros Saudáveis, que “visa desenvolver projetos comunitários de reforço da prevenção nas áreas residências que têm sido mais afetadas”.

A partir de agora, as forças de segurança vão também poder multar quem desrespeitar as medidas de distanciamento social.

"Vamos aprovar um diploma que, prevendo contraordenções, permita às forças de segurança reforçar não só a sua presença na rua, mas também a autuação de quem organize e participe em ajuntamentos que não sejam permitidos", disse o primeiro-ministro.

Os ajuntamentos na região de Lisboa passam a ter um "limite de dez pessoas", metade dos que estavam autorizados.

Os estabelecimentos comerciais, à exceção dos restaurantes, vão ter de encerrar até às 20 horas e vai haver uma maior fiscalização do número de pessoas nos centros comerciais.

As medidas entram em vigor à meia-noite de hoje.

Leia o desenvolvimento desta notícia em tvi24.pt

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção