PUB
PUB
Nacional
Pipoca Mais Doce: 'O que me custou não foi saber que havia outra pessoa'
Ana Garcia Martins e Ricardo Martins Pereira
Redação Lux em 21 de Junho de 2021 às 09:15

Depois de ter assumido que acreditava na reconciliação, Ana Garcia Martins percebeu de uma forma “não muito bonita” que o seu casamento tinha mesmo chegado ao fim.

Foi durante um novo episódio de “Separados de Fresco”, com David Cristina, que A Pipoca Mais Doce contou: ”Separámo-nos em janeiro, mas não era um capítulo fechado”, disse, explicando que depois da separação, e apesar de o então marido ter assumido “que havia uma pessoa, ainda não era uma namorada, mas era alguém que ele estava a conhecer”, quis ter a certeza de que o divórcio seria o passo certo: “Achei que não podia avançar com aquilo sem perguntar. E ele disse que não me conseguia responder. Teve uns dias para pensar e tivemos uma longa conversa sobre a nossa relação. No dia seguinte, manda-me uma mensagem a dizer: ‘Olha, a Disney vai reabrir, os miúdos iam adorar… mas antes gostava que fizéssemos uma viagem.’”

Ana Garcia Martins conta que marcou então uma viagem para as Maldivas, esperançada de que a reconciliação era possível: “Foi nesse dia que fui ao programa do Goucha [...] Falei em reconciliação, porque nessa manhã tinha marcado uma viagem romântica”, revelou, acrescentando: “No dia seguinte ainda passámos os anos dele juntos, sábado fomos a um brunch em família, depois, domingo ele mandou um e-mail a dizer que, afinal, já não queria nada daquilo e já não havia reconciliação. Na segunda, meti os papéis para o divórcio, na terça, começaram a sair notícias de que ele tinha outra pessoa e... para aí, no sábado ou domingo ele põe um vídeo a beijar outra pessoa, a assumir publicamente a outra relação”, explicou ao referir a relação do ex-marido com Sara Veloso. “O que me custou não foi saber que havia outra pessoa, porque ele já me tinha falado nisso, foi como tudo correu, acho que o processo não foi muito bonito para mim.”

Ana Garcia Martins confirma assim que está a decorrer o processo de divórcio de Ricardo Martins Pereira, com quem esteve 10 anos casada e de quem tem dois filhos, Mateus, de 7 anos, e Benedita, de 2.

Poucos dias depois de ter aberto o coração para falar das razões que levaram ao fim definitivo do seu casamento, Ana Garcia Martins sofreu a perda do pai. Foi num texto emotivo e com imagens ao lado do pai, que a blogger prestou homenagem ao progenitor. “Aprendi muitas coisas com ele: a ser íntegra, honesta, a não me calar perante injustiças, a ser sarcástica, a ser pragmática (‘não faças castelos no ar, filha, porque cai tudo por terra muito rápido’), a ser independente”, começou por escrever, acrescentando: “O meu pai passou-me todos os valores certos, fez tudo por mim, ensinou-me muita coisa. Só não me ensinou a viver sem ele. E não sei como vai ser nunca mais poder telefonar e ouvir aquele ‘então, meu amor?’... ver o amor que tinha pelos netos. O meu pai viveu para a família, para nos fazer felizes, e eu vivi 40 anos a sentir o amor incondicional que me tinha. Tenho uma mãe incrível, mas sou menina do papá, vou ser sempre. Hoje despedi-me pela última vez e não consigo sequer imaginar como é que se continua por aqui sem ele, com esta falta insuportável. Vou só acreditar que está noutro sítio, melhor. Talvez a falar sobre o ‘nosso Benfica’ com o meu irmão.”

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção