Nacional
Portugal organiza primeiros Europeus de canoagem de mar em 2014
Emanuel Silva e Fernando Pimenta [EPA]
Redação Lux em 23 de Novembro de 2013 às 15:39
Portugal ganhou hoje a organização do primeiro Campeonato da Europa de canoagem de mar (surfski), em agosto de 2014, após ter promovido este ano a estreia internacional desta especialidade em termos de mundiais.

Em agosto, os primeiros Mundiais da história decorreram entre Esposende e Vila do Conde e em 2014 os Europeus poderão repetir o figurino, disse à agência Lusa Mário Santos, que este fim de semana está em Praga no congresso da Associação Europeia de Canoagem (ECA).

«Entre Mundiais e europeus, esta é a sétima prova que a minha equipa conseguiu trazer para Portugal em nove anos de mandato. Assumo que é um feito notável, mas só é possível pela confiança e certeza internacional da qualidade do nosso trabalho», comentou.

Segundo Mário Santos, esta é uma «nova excelente oportunidade de Portugal potenciar o turismo desportivo e, neste caso, despertar para uma nova realidade e vertente da economia de mar».

A prova, que englobará também a Taça Europeia de masters, deverá contar com perto de 30 países e mais de 300 canoístas.

Em 2009, Portugal organizou o Campeonato do Mundo de maratonas em Crestuma, Vila Nova de gaia, em 2012 os Europeus de velocidade sub-23 e júnior em Montemor o Velho, onde decorreu o europeu absoluto já este ano.

Também em 2013, a federação de canoagem promoveu os Europeus de maratonas em Prado, Vila Verde, e os primeiros Mundiais de canoagem de mar, entre Esposende e Vila do Conde.

Em 2014 irá organizar então os Europeus de canoagem de mar e em 2015 os Mundiais sub-23 e júnior de velocidade, ano em que também promove uma das três etapas da Taça do Mundo desta especialidade olímpica.

Estas provas já não vão decorrer sob e égide de Mário Santos, que vai deixar a presidência da Federação Portuguesa de Canoagem devido a «motivos pessoais e profissionais», factos que já o levaram a formalizar a saída da vice-presidência do Comité Olímpico de Portugal e da chefia de Missão ao Rio2016, depois de a ter assumindo em Londres2012.

A 07 de dezembro Vítor Félix deverá assumir a presidência da federação, após apresentar lista única à sucessão de Mário Santos, acompanhado de José Carlos Sousa e Ricardo Machado, da atual equipa.

Lusa
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção