PUB
PUB
Nacional
Cinco meses após a morte de Luís Aleluia, Zita Favretto, desabafa: 'É muito difícil... mas temos de ir para a frente'
Zita Favretto Foto: Artur Lourenço/Lux
Redação Lux em 29 de Novembro de 2023 às 18:00

É com as emoções sempre à flor da pele que Zita Favretto fala. Cinco meses depois de perder o marido, o ator Luís Aleluia, a diretora de produção de espetáculos sabe que a vida tem de continuar, mas assume que nem sempre é fácil, e que esse é um exercício diário feito com pequenos passos.

“A vida continua, mas é muito difícil. Temos de ir para a frente, até porque tenho dois filhos e por eles, essencialmente, tem de ser.” É também nos amigos, e pelos amigos, que vai buscar forças: “Gosto muito da Fátima Lopes, mas hoje estou aqui sobretudo pela homenagem que vão fazer à Simone de Oliveira e ao Ruy de Carvalho, porque eu... nós éramos os dois muito amigos da Simone, há muitos anos. Foi a Simone quem me convidou para estar cá, fez muita questão e é o tipo de coisas que se faz pelos amigos, só mesmo pelos amigos.”

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção