Nacional
Silvio Berslusconi agredido em Milão
Berlusconni e agressor (Lux)
Redação Lux  com AM em 14 de Dezembro de 2009 às 08:46
O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, foi agredido, este domingo, em Milão, no final de um discurso, tendo sofrido fracturas no septo nasal, em dois dentes e teve ferimentos no lábio superior.

Berlusconi foi atacado enquanto dava autógrafos em pé, perto do seu carro, onde um grupo de dez pessoas o insultou, chamando-o de «palhaço» e pedindo que renunciasse.

A agressão aconteceu nesse momento, quando Massimo Tartaglia, de 42 anos, deu um murro ao primeiro-ministro italiano, deixando-o a sangrar dos lábios e do nariz.

O agressor foi detido imediatamente após a agressão e, depois de ouvido por um juiz, foi acusado de «ofensas graves e premeditadas» e de atentado terrorista.

Segundo o jornal «Corriere della Serra», o homem não tem antecedentes criminais, mas apresenta um historial de doenças mentais, sendo que estava internado há 10 anos numa instituição de saúde em Milão.

Veja toda a notícia em tvi24.pt

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção