Nacional
Redação Lux em 5 de Janeiro de 2014 às 15:59
Eusébio: Ricardo Costa diz que «Pantera Negra» era o CR7 do seu tempo
O futebolista português Ricardo Costa, um dos capitães do espanhol Valência, lamentou hoje (5) a morte de Eusébio, comparando o seu impacto ao que atualmente tem o seu compatriota Cristiano Ronaldo.

«É um dia triste para todos os portugueses. Eusébio é uma bandeira, é como Cristiano Ronaldo no seu tempo. Foi o maior do futebol português e também uma pessoa muito boa. Vamos ter saudades dele», disse Ricardo Costa, citado pela agência EFE.

Para João Pereira, outro dos internacionais portugueses do Valência, «é um momento muito triste para o futebol mundial e para o português, por tudo o que fez, os golos que marcou, o que conseguiu e a pessoa que era».

«Eusébio era um deus em Portugal, especialmente para o Benfica», afirmou o lateral.

O avançado Hélder Postiga também disse que «é um momento muito triste para o futebol mundial».

«Foi uma das pessoas mais importantes do futebol em Portugal e uma pessoa muito querida por toda a gente e pelos desportistas portugueses», afirmou Postiga.

Em comunicado oficial, o Valência expressou as suas mais profundas condolências aos familiares e amigos do ex-futebolista internacional português e um dos maiores da história, Eusébio da Silva Ferreira.

Eusébio da Silva Ferreira morreu hoje às 04:30 vítima de paragem cardiorrespiratória.

O «Pantera Negra» ganhou a Bola de Ouro em 1965 e conquistou duas Botas de Ouro (1967/68 e 1972/73). No Mundial Inglaterra de 1966 foi considerado o melhor jogador da competição, na qual foi o melhor marcador, com nove golos.

Na mesma competição, Portugal terminou no terceiro lugar.

Eusébio nasceu a 25 de janeiro de 1942 em Lourenço Marques (atual Maputo), em Moçambique.

O corpo do antigo jogador de futebol Eusébio estará em câmara ardente no Estádio da Luz, porta 1 (acesso pela porta 11), a partir das 17:30 de hoje, anunciou hoje o Benfica, com a missa a realizar-se na segunda-feira às 16:00 na Igreja do Seminário no Largo da Luz, após o que o corpo segue para o cemitério do Lumiar, onde o funeral se realiza às 17:00.

Lusa
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção