Nacional
Cátia Soares em 9 de Março de 2017 às 16:36
Fotos: Manuel Pinto Coelho inaugura clínica

Na inauguração da sua clínica, em Lisboa, Manuel Pinto Coelho mostrou-se radiante.

“Foi a melhor coisa que podia ter feito na vida depois de ter escolhido a minha mulher para casar comigo. Sem a Daiana, nunca conseguiria fazer isto. Diz-se que por trás de um grande homem há sempre uma grande mulher”, sublinhou o médico, de 68 anos, que espera agora poder ter mais tempo para a filha mais nova.

“A razão pela qual contratei dois colegas é para poder estar mais tempo com a Lara, porque ela tem 6 meses e eu, pela lei natural das coisas, não vou viver mais 30 anos, como tal, é bom sentir que a clínica pode dar conta do 
recado sem mim e que eu posso estar mais tempo com a minha filha.”

Orgulhosa, Daiana, com quem é casado há mais de uma década, confidenciou à Lux: 

“O meu marido está a viver um dos melhores momentos da sua vida e eu fico muito feliz por fazer parte disso. Ele trabalha muito, mas também é um superpai.”

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção