PUB
PUB
Nacional
Mia Rose: 'Quando é para estar em modo 100% mãe gosto de peças muito confortáveis e fáceis'
Mia Rose apresenta a linha de leggings térmicas da Calzedonia Foto: Divulgação/Calzedonia
Redação Lux em 11 de Dezembro de 2020 às 17:21

Super confortável e pronta a enfrentar os dias mais frios do Inverno, Mia Rose apresenta a linha de leggings térmicas da Calzedonia, que define como sendo versátil, intemporal e uma peça-chave no roupeiro de qualquer mulher. Com a aproximação de um Natal, diferente por causa da pandemia, Mia lamenta a falta dos jantares com os amigos e a festa cingida a menos pessoas, segura de que os “sacrifícios valem a pena pelo bem de todos”. Este será também o primeiro Natal da cantora após a separação de Miguel Cristovinho, com quem esteve casada quase três anos e tem um filho, Mateus, de dois. Depois de três anos sem lançar novos trabalhos musicais, Mia Rose regressou este verão em força com um novo single num ritmo dançante e pop, “Known Better”.

Lux – Pode resumir-nos porque se rendeu às leggings térmicas Calzedonia?
M.R. – Sem dúvida que as leggings da Calzedonia são das peças mais confortáveis que tenho no meu roupeiro! Mas a melhor parte é que, para além do conforto, favorecem muito o corpo e dá para conjugar de maneiras diferentes, para várias ocasiões.

Lux – Onde procura as suas inspirações para estar sempre tão atualizada em termos de moda?
M.R. – O Instagram é uma ferramenta ótima para isso. Sigo muitas pessoas que me inspiram no que toca à moda e adoro estar a par de novas tendências e marcas através das redes sociais.

Lux – Acha que a maternidade mudou ou tem vindo a influenciar a forma de se vestir, privilegiando peças mais confortáveis?
M.R. – Quando chega a altura de tomar conta do Mateus, sem dúvida! Gosto de me arranjar para trabalhar, mas quando é para estar em modo 100% mãe gosto de peças muito confortáveis e fáceis como leggings e sweatshirts, por exemplo.

Lux – Este será certamente um Natal diferente para todos. Já tem ideia de como será o seu Natal e quais serão as maiores mudanças?
M.R. – As maiores mudanças serão talvez não poder estar com muita gente com quem estaria numa outra situação. Vou-me cingir à família e amigos mais próximos. Vou ter saudades dos jantares de Natal com amigos, mas são sacrifícios que valem a pena pelo bem de todos e para que, o mais rápido possível, possa tudo voltar ao normal.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção