Nacional
Surfista Nicolau Von Rupp apresenta o documentário «One City - From Lisbon to Los Angeles»
Nicolau von Rupp e Carlota Barroso - Apresentação do documentário «One City From Lisbon Foto: João Cabral/Lux
Redação Lux em 7 de Janeiro de 2015 às 08:22
É um dos surfistas mais promissores da nova geração. Filho de pai alemão e mãe portuguesa, Nicolau von Rupp apresentou, no Cinema São Jorge, em Lisboa, «One City - From Lisbon to Los Angeles», o primeiro de quatro documentários da série «My Road Series», do realizador Gustavo Carvalho, que retrata a sua vida, dentro e fora de água.

Com sala cheia, e muitos amigos do universo do surf nacional, Nic von Rupp contou com o apoio incondicional de Carlota Barroso, que desde o início da relação partilha o namorado com a prancha de surf.

«Já namoramos há tantos anos que a nossa relação cresceu comm a minha paixão pelo surf», explicou o surfista, divertido.

O atleta, de 24 anos, tem como ídolos Tiago Pires, «o Saca», amigo e protagonista deste documentário, e surfistas de gabarito internacional como Kelly Slater e Mick Fanning.

Nicolau faz surf desde dos 10 anos de idade, mas o caminho nem sempre foi fácil porque a família não via esta modalidade com bons olhos.

«Esta foi a vida que eu escolhi. Tenho um trabalho de sonho e sempre fiz isto por paixão e nunca por ambição. É verdade que há prós e contras, como ter de deixar a família e a namorada muitas vezes para trás», evidencia.

A paixão pelo surf obriga-o a horas infindáveis dentro do mar e a muitas viagens durante o ano. Os estudos ficaram parados, mas cumpriu a sua obrigação.

«Não tenho familiares com carreiras desportivas, são quase todos académicos e até os meus avós eram contra eu ser surfista profissional. Quando comecei a fazer surf, era um desporto marginal, mas depois comecei a ter resultados, os patrocinadores começaram a surgir e nunca deixei os estudos. Acabei o 12.º ano no Colégio Alemão e essa era a única exigência dos meus pais. Entretanto, inscrevi-me na faculdade, mas passo o ano a viajar e torna-se complicado», explicou Nic von Rupp, reconhecido por ter nas ondas grandes a maior das suas perdições.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção