Nacional
Já conhece Lucinda, a empregada doméstica em quarentena que não vai trabalhar porque 'não é CÓVEniente'?
Marta Borges na pele de Lucinda, a empregada de quarentena Foto:DR
Redação Lux em 3 de Abril de 2020 às 17:00

Lucinda é uma empregada doméstica do Norte, em quarentena voluntária, que já não vai trabalhar na casa da patroa. "Não pode, não é CÓVEniente" - explica com pragmatismo - "Está toda mitigadinha em casa", a cumprir as ordens do Governo, a receber constantemente telefonemas da patroa, com os mais inusitados pedidos de ajuda.

O Diário da Lucinda é gravado em casa da atriz Marta Borges d' o Grupo profissional de improviso português OS IMPROVÁVEIS.

A atriz explicou à Lux como se inspirou para criar esta personagem sem "papas na língua", que está a levar humor aos portugueses nestes difíceis tempos de isolamento.

“Lembrei-me desta personagem porque conheço uma pessoa, cuja empregada teve que ficar em quarentena, que viu-se obrigada a fazer tarefas domésticas que nunca tinha feito antes na vida. Coisas aparentemente simples, que não valorizava até então e as tomava por adquiridas. Procurei explorar o lado cómico dessa situação, que muitos estão a viver ao estarem em isolamento, extremando os dois pontos de vista (empregada vs patroa). Adicionei-lhe como pitada cómica, um sotaque do Norte (sou natural do Porto embora viva desde bebé em Lisboa!), carregado de expressão deliciosas, que me fazem rir! Espero que esta Lucinda sirva de escape para todos darmos umas gargalhadas e aliviarmos alguma ansiedade que a situação actual nos tem trazido”

Veja mais vídeos do Diário de Lucinda, aqui!

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção