Internacional
Redação Lux em 21 de Julho de 2017 às 14:32
Bigode de Salvador Dalí continua intacto, 28 anos após a morte

O bigode de Salvador Dalí continua intacto, passados 28 anos sobre a morte do artista espanhol, cujos restos mortais foram exumados por ordem de um tribunal, para um exame de determinação de paternidade, foi hoje anunciado.

De acordo com especialistas que participaram na exumação do artista surrealista, falecido em 1989, com 85 anos, os restos mortais embalsamados estavam bem conservados, a começar pelo seu característico bigode.

"Como sabem, o corpo de Dalí foi embalsamado e, segundo o médico legista, depois da exumação, o bigode encontrava-se na sua posição habitual, apontado para as dez horas e dez", disse o secretário-geral da Fundação Gala-Dalí, Luis Peñuelas Reixach, numa conferência de imprensa realizada hoje de manhã, no Teatro-Museo Dalí, em Figueres, Girona, cerca de 12 horas após o início da operação.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção