Internacional
Encontrado corpo sem cabeça da jornalista sueca desaparecida
Jornalista sueca Kim Wall Foto: DR
Redação Lux em 23 de Agosto de 2017 às 22:00

A policia dinamarquesa confirmou que o tronco de mulher decepado encontrado perto de Copenhaga pertencia à jornalista sueca Kim Wall, desaparecida desde o dia 11 de agosto.

A jornalista sueca Kim Wall morreu num acidente no submarino do inventor Peter Madsen, que, após a sua morte, atirouo corpo no mar, anunciaram as autoridades dinamarquesas.

Recorde-se que o alerta sobre o seu desaparecimento foi dado pelo namorado. A jornalista de 30 anos subiu ao Nautilus C3, o maior submarino artesanal do mundo (com 18 metros e 40 toneladas), para entrevistar o seu inventor, Peter Madsen, e nunca regressou.

O engenheiro Peter Madsen acabou por confessar "à polícia e ao tribunal que aconteceu um acidente a bordo do submarino" que provocou a morte de Kim Walll e que "atirou o corpo ao mar, num local indefinido da baía de Koge". Madsen é  é acusado de homicídio culposo por negligência.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção