Internacional
Após ameaças, segurança de auditores que cometeram gafe nos Óscares é reforçada
Warren Beatty leu o cartão errado - 89ª edição dos Óscares 26.02.17 Foto: Reuters
Redação Lux  com AA em 5 de Março de 2017 às 09:14

 A segurança de Brian Cullinan e Martha Ruiz, os dois auditores responsáveis pelo erro no anúncio do Oscar de melhor filme, foi intensificada, disse a empresa de auditoria PricewaterhouseCoopers.

O chefe de palco da cerimónia afirmou que os dois auditores tiveram de ser empurrados para o palco para consertar as coisas depois da gafe.

A empresa não deu detalhes, mas o site especializado em celebridades TMZ.com disse que os dois auditores receberam ameaças de morte nas redes sociais e que fotos das casas de ambos foram divulgadas online.

Brian Cullinan, que veiculou no Twitter uma foto, já apagada, de Emma Stone nos bastidores da cerimónia pouco antes da gafe, e Martha Ruiz foram banidos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de participarem de novo da festa do Oscar ou da contagem de votos.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção