Internacional
Redação Lux  com CSS em 22 de Setembro de 2016 às 13:49
Sigourney Weaver regressa a San Sebastian 40 anos depois para receber prémio Donostia
1/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 21.09.2016 Foto: Reuters
2/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 21.09.2016 Foto: Reuters
3/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 21.09.2016 Foto: Reuters
4/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 21.09.2016 Foto: Reuters
5/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 21.09.2016 Foto: Reuters
6/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 21.09.2016 Foto: Reuters
7/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 21.09.2016 Foto: Reuters
8/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 20.09.2016 Foto: Reuters
9/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 20.09.2016 Foto: Reuters
10/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 20.09.2016 Foto: Reuters
11/11 - Sigourney Weaver - San Sebastian Film Festival, em Espanha 20.09.2016 Foto: Reuters

 

Sigourney Weaver foi homenageada na 64ª edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastian, que termina no próximo dia 24 de setembro.

A estrela, de 66 anos, recebeu o prémio Donostia, que "reconhece a trajetória da atriz americana, cujo nome está em algumas das produções mais relevantes das últimas quatro décadas".

A atriz regressou à cidade espanhola quatro décadas depois de, em 1979, com apenas 20 anos, ter visitado San Sebastian para apresentar "Alien, o Oitavo Passageiro".

"Estou um pouco chocada, emocionada (...) Eu adoro trabalhar em Espanha, sinto que a Espanha tem uma relação muito especial com os filmes. Aqui vocês podem perceber que os filmes são considerados uma forma de arte, não apenas comércio", disse, citada pela imprensa espanhola.

Sigourney apresentou ainda o seu mais recente filme, "Sete Minutos Depois da Meia-Noite", onde trabalhou com o realizador espanhol Jose Antonio Bayona. Na longa-metragem, interpreta uma avó que precisa de cuidar do neto enquanto a filha luta contra um cancro. 

Recorde-se que entre os distinguidos com o prémio Donostia estão Glenn Close, Ian McKellen, Antonio Banderas, Julia Roberts, Woody Allen, Francis Ford Coppola e Robert de Niro, entre outros.

Veja as fotos!

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção