Internacional
Sean Penn acusado de ter mentido sobre declaração de “El Chapo”
Sean Penn e El Chapo Foto: DR
Redação Lux  com AA em 16 de Janeiro de 2016 às 15:28
Sean Penn está a ser acusado de ter mentido ao relatar que o chefe mexicano do narcotráfico Joaquin "El Chapo" Guzman lhe disse que era o maior traficante de drogas do mundo.

O autor da acusção é um dos advogados de Guzman que foi recapturado seis meses após protagonizar uma fuga espetacular da prisão por um túnel escavado no chão da cela.

Enquanto estava foragido, Guzman encontrou-se secretamente com Penn num esconderijo na selva e o ator publicou uma reportagem na revista Rolling Stone, em que cita Guzman a gabar-se dos seus carregamentos de drogas e lavagem de dinheiro através de grandes empresas mexicanas e estrangeiras. 

Juan Pablo Badillo, um dos advogados de Guzman, afirmou agora em entrevista à Reuters que tudo "é uma mentira, especulação absurda do senhor Penn”.

Segundo o advogado, com base nos anos em que trabalha com Guzman, pode garantir que o traficante não faria tal declaração auto-incriminatória. Além disso, garante que, "de certo modo, sim, isso complica (a defesa dele). O senhor Penn devia depor para responder sobre as asneiras que disse”.

O advogado questiona ainda: "Onde está a prova? Onde está o áudio?". Mas Sean Penn disse que não foi autorizado a gravar o encontro com Guzman e que foi o fugitivo mexicano quem posteriormente enviou um vídeo de 17 minutos com respostas, frustrando os planos de uma nova entrevista presencial por questões de segurança.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção