Internacional
Vasco Pereira em 21 de Abril de 2017 às 11:00
Viúva de Beau Biden refaz a vida com o cunhado, que se separou da mulher
1/3 - Hunter Biden e Hallie Foto: Reuters
2/3 - Hunter Biden e Hallie Foto: Reuters
3/3 - Hunter Biden e Hallie Foto: Facebook

Amor, tragédia, escândalo. A história de Hunter Biden e da sua nova mulher, Hallie, tem todos os ingredientes para ser um êxito no cinema ou na televisão, mas é surpreendentemente bem real.

O casal assumiu recentemente a relação, mas não foi fácil superar as armadilhas do destino que encontrou pelo seu caminho. A começar pela sua antiga ligação familiar: como cunhados. Hallie, de 43 anos, era casada com Beau Biden, até este morrer em maio de 2015, vítima de um tumor cerebral. O precoce desaparecimento do filho mais velho de Joe Biden, vice-presidente dos EUA, com apenas 46 anos, deixou toda a família devastada, como o próprio pai confessou na altura:

“Toda a família Biden está triste e sem palavras. Sabemos que o espírito de Beau vai continuar a viver em todos nós, especialmente através da sua mulher, Hallie, e dos seus filhos, Natalie e Hunter.”

Viúva e mãe de duas crianças, era expectável que Hallie refizesse a sua vida amorosa, mas ninguém pensaria que a sua nova paixão pudesse sair novamente do seio da família Biden, e especialmente que se tratasse do irmão mais novo de Beau. Mas a vida dá muitas voltas e foi mesmo por Hunter, hoje com 47 anos, que a viúva se voltou a apaixonar. Porém, tinha um obstáculo pela frente: a mulher do advogado, Kathleen, e mãe das suas três filhas, Maisy, Finnegan e Naomi. Nada que não se resolvesse. Mesmo tratando-se de uma família com bastante exposição mediática e ligada à Casa Branca (Joe Biden foi eleito em 2008 com o presidente Barack Obama), todos aceitaram o romance surpresa de Hallie e Hunter, assim como a decisão deste se separar de Kathleen.

“Todos temos sorte por o Hunter e a Hallie se terem encontrado enquanto refaziam as suas vidas após tamanha tristeza. Têm o meu total apoio e o da Jill, e estamos felizes por eles”, declararam Joe e a mulher, Jill.

Apesar do romance ter sido assumido há pouco tempo, a imprensa americana escreve que a separação de Kathleen e Hunter não é recente: foi sim uma decisão tomada cinco meses depois da morte de Beau, em outubro de 2015.

Coincidência ou não, nesse mesmo mês, Joe Biden declarou publicamente, no Jardim das Rosas da Casa Branca, que não iria candidatar-se à presidência americana. Num emotivo discurso, não esqueceu o filho que falecera tão pouco tempo antes:

“Beau é a nossa inspiração. Era, muito simplesmente, o melhor homem que qualquer um de nós já conheceu.”

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção