Nacional
Redação Lux em 14 de Agosto de 2017 às 20:00
Aos 7 anos, filho de Tiago Monteiro e Diana Pereira segue as pisadas dos pais na paixão pela velocidade
1/3 - Noah e Tiago Monteiro Foto: Instagram
2/3 - Tiago Monteiro e Diana Pereira Foto: Ricardo Santos/Lux
3/3 - Tiago Monteiro e Diana Pereira Foto: Ricardo Santos/Lux

De férias, Diana Pereira e Tiago Monteiro estiveram no Algarve – antes de viajar para os Estados Unidos com os filhos Mel, de 9 anos, e Noah, de 7 – para a festa do 30.º aniversário da Eugénio Campos Jewels.

Uma noite descontraída a dois, onde Tiago Monteiro contou orgulhoso que o filho, “apanhou o bichinho das corridas”.

Um orgulho que não esconde, mas que o faz encarar de uma forma diferente os riscos que estão associados a essa profissão. Apesar de ter sofrido recentemente um acidente, Tiago Monteiro confessa que “o cérebro bloqueia isso completamente. No momento dói, estamos mal e sofremos, mas no dia seguinte já não pensamos nisso”.

No entanto, com o filho é bem diferente:

“Ele já teve dois acidentes, e é assustador. Não tinha essa noção até ver. Quando aconteceu caiu-me o coração e pensei: ‘O que é que fui fazer?’ É assustador. Quando estamos a guiar não queremos pensar nisso, mas agora vejo o que é que o meu pai e a minha mãe sofriam. Porém, o que me preocupa, mais do que o perigo em si, é a dificuldade que existe para se ter sucesso nesta carreira e poder viver disso. Tenho a sorte incrível de poder viver da minha profissão, mas sei o trabalho que tive e os sacrifícios que fiz para chegar aqui e não queria que ele passasse por isso, porque um pai quer sempre que um filho passe por menos dificuldades. É uma carreira que nunca desejei para ninguém, mas que não trocava por nada.”

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção