Nacional
Ana Marta Ferreira: 'Ser mãe acaba por influenciar a nossa maneira de ser, estar e trabalhar'
Ana Marta Ferreira fotografada para a Lux Foto: Tiago Frazão
Redação Lux em 26 de Abril de 2019 às 16:56

Ana Marta Ferreira tem apenas 24 anos, mas a sua carreira como atriz já soma 15 anos de muitos aplausos. Reconhecida como um dos grandes talentos da nova geração de atores portugueses, Ana Marta é Elisa na mais recente aposta cinematográfica portuguesa, “Gabriel”.

O filme, realizado por Nuno Bernardo, retrata a viagem a Portugal de Gabriel Silva (Igor Regalla), à procura do pai (Ângelo Torres), um ex-lutador de boxe que não vê desde criança. Nesta procura, Gabriel torna-se alvo de Rui (José Condessa), um membro violento do gang local, que entra em combates ilegais no bairro dos Olivais. Elisa (Ana Marta) é a rapariga que tem um papel decisivo e que vai ajudar Gabriel na integração no bairro.

Ana Marta Ferreira confessa-nos que tinha consciência de algumas das fragilidades deste bairro, que curiosamente foi o do seu pai e dos seus avós, mas nunca enfrentou os problemas trazidos à luz pelo filme, como xenofobia ou bullying.

Ao mesmo tempo, está em cena no teatro com a peça, “Beginners”, no espaço CriArte, em Carcavelos, até ao dia 28 de abril. À Lux, a atriz falou nos seus desafios e projetos e deteve-se, com grande carinho, sobre o grande papel da sua vida, o de mãe. 

"A partir do momento em que somos mães, todas nós mudamos, e acaba por influenciar a nossa maneira de ser, estar e trabalhar. A maternidade é uma coisa boa e que nos dá uma perspetiva diferente da vida", diz à Lux.
 

Entrevista na edição em papel da revista que também pode ser adquirida na versão digital, aqui! 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção