Nacional
Redação Lux em 23 de Setembro de 2016 às 15:02
Luciana Abreu acusa hospitais de não terem diagnosticado a doença da filha, Lyonce
1/6 - Luciana Abreu - Semifinal dos International Emmy Awards 09.09.16 Foto: Salvador Esteves/Lux
2/6 - Luciana Abreu (2) - Semifinal dos International Emmy Awards 09.09.16 Foto: Salvador Esteves/Lux
3/6 - Luciana Abreu (1) - Semifinal dos International Emmy Awards 09.09.16 Foto: Salvador Esteves/Lux
4/6 - Luciana Abreu - Festa de verão da Sic/Caras 29.07.16 Foto: Tiago Frazão/Lux
5/6 - Luciana Abreu com Lyanii e Lyonce - Estreia de "Aladino e a Lâmpada Mágica" 02.04.16 Foto: João Cabral/Lux
6/6 - Luciana Abreu - Cocktail do fim das gravações de «Coracao D Ouro» 18.05.16 Foto: João Cabral/Lux

Luciana Abreu viveu “o maior susto” da sua vida. A sua filha mais velha, Lyonce Viiktorya, de 5 anos, esteve doente, com uma pneumonia, e a atriz responsabiliza dois hospitais pelo agravamento do estado de saúde da criança.

“Ela teve uma pneumonia gravíssima por negligência médica. Fui a dois hospitais, o Hospital dos Lusíadas, em Faro, e o Hospital Particular do Algarve, em Gambelas, também em Faro, e em ambos, apesar das análises ao sangue e de numa radiografia ao tórax terem visto uma manchinha branca no pulmão, disseram-me que era expectoração. Medicaram-na apenas com Actifed, Ben-U-Ron e Brufen, mesmo com 40,5 de febre.”

Após as consultas, a febre de Lyonce não baixou e Luciana regressou a Cascais, onde reside. “Liguei para o padrinho dela, que é médico de clínica-geral, e ele foi lá a casa vê-la. Quando viu a radiografia disse logo: ‘Esta menina está com um princípio de pneumonia, mas isto já devia ter sido diagnosticado no dia anterior de manhã’. Encaminhou-nos para o Hospital de Cascais, onde a menina ficou internada”.

Lyonce já regressou a casa, onde ainda recupera, mas a mãe pretende tornar o caso público e pondera agir contra os hospitais algarvios: “Não sei se os processarei. O meu primeiro objetivo é tornar isto público. Se não fosse o padrinho dela, poderia ter acontecido o pior. Fui a dois hospitais! A dois médicos completamente diferentes e não souberam diagnosticá-la. Isto é muito grave!”.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção