Nacional
Redação Lux em 29 de Setembro de 2016 às 18:30
Sem pudores, Ana Sofia Martins reconhece que o dinheiro dá "outro conforto"

Na apresentação da nova coleção Fitness, da Calzedonia, na loja do Colombo, Ana Sofia Martins, que é embaixadora da marca, confessa que a Mara, de “A Única Mulher”, revolucionou a sua vida em vários aspetos. 

O sucesso enquanto atriz permite-lhe, por exemplo, ir os próximos dois meses para Nova Iorque, onde esteve agora por razões profissionais, estudar representação:

“É novo e é tudo o que sempre quis: poder investir em mim sem estar preocupada com as contas. É muito bom poder ir jantar com os meus amigos sem pensar se ali é muito caro, ou não. É outro conforto. Estou a viver a vida que sempre quis, mas é fruto de trabalho, dedicação e poupança”, revelou.

Confrontada com a máxima ‘que o dinheiro não traz felicidade’, a atriz, de 29 anos, que cresceu num bairro social, não esconde: “Claro que ajuda, sem dúvida. E acredito que todas as pessoas que não tinham dinheiro e passaram a ter, vão dizer que é melhor ter”, assegura. 

Depois de quase dois anos sempre em alta exposição, Ana Sofia vai, nos próximos dois meses, voltar a experimentar o que é o anonimato, o que, para ela, vem na altura certa:

“Confesso que estou a sentir necessidade de passar despercebida. Quando estive agora em Nova Iorque, nem me lembrava que tinha feito uma novela. As pessoas sabem lá quem é a Ana Sofia, de Portugal! Não me incomoda nada ser conhecida mas acho que é importante voltar a pôr os pés na terra porque, às vezes, nem que seja por cinco segundos, uma pessoa deslumbra-se. É bom descer à terra!”, assume.

Sobre o facto de ir ficar longe do namorado, o basquetebolista do Benfica, Tomás Barroso, a atriz apela ao seu sentido prático: “Desde que viemos de férias que ele está na seleção e quase não nos temos visto. O nosso relacionamento tem sido um bocado assim, mas é bom!”, diz, divertida.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção