Internacional
Dakota Johnson: 'Desde os 14 anos que luto contra a depressão'
Dakota Johnson - Green carpet Fashion Awards - Semana da Moda de Milão 24.09.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 5 de Junho de 2020 às 19:00

Norrmalmente muito reservada quanto à sua vida privada, Dakota Johnson, de 30 anos, não fala muitas vezes de temas pessoais nas entrevistas que dá.

A atriz de “As 50 Sombras de Grey” centra-se sempre no seu trabalho, mas decidiu agora abrir o coração para falar de um problema muito real, que a acompanha desde a adolescência. À revista Marie Claire, a filha dos também atores Melanie Griffith e Don Johnson, falou sobre a sua já antiga luta contra os problemas de saúde mental:

“Luto contra a depressão desde muito nova, desde que tinha 14 ou 15 anos. Foi nessa altura, que com a ajuda de profissionais percebi, ‘isto é algo que acontece na realidade’. Com o tempo acabei por aprender a considerar essa questão como algo positivo, porque posso sentir o mundo à minha volta. Suponho que tenho muitas complexidades, mas deixo que fiquem guardadas no meu interior. Não creio que seja um problema com que as outras pessoas tenham de lidar”, explicou a atriz à revista, revelando que desde a adolescência que faz terapia: “Tenho de trabalhar muito para eliminar alguns pensamentos e emoções, faço muita terapia.”

Há uns anos, Dakota já tinha revelado que uma das coisas que mais lhe causa ansiedade na vida são as audições para os filmes, algo que tem de fazer frequentemente: “Às vezes, assusto-me até ao ponto em que não consigo perceber o que estou a pensar ou a fazer. Tenho ataques totais de ansiedade. Tenho-os durante o tempo todo, de todas as formas, mas nas audições é ainda pior. Fico aterrada e paralisada, mas as coisas que me metem mais medo são aquelas para as quais corro imediatamente”, garante.

Agora, em plena pandemia pelo novo coronavírus, Dakota Johnson está a tentar continuar a promover o seu novo filme, “The High Note”, cuja estreia está prevista para o dia 29 de maio nos Estados Unidos e admite que “os tempos que estamos a viver” a assustam muito e lhe tiram o sono. “Sinto uma ansiedade incrível pelo nosso planeta. Estou constantemente a pensar no estado do mundo nesta altura. Fico acordada muitas noites. Leva o meu cérebro a lugares obscuros e loucos.”

Nestes tempos de quarentena, a atriz passa os dias em Los Angeles, com o namorado, Chris Martin, de 43 anos, o vocalista dos Coldplay e ex-marido de Gwyneth Paltrow, com quem tem dois filhos.

A relação, que nunca foi publicamente assumida, já que ambos fazem questão de a manter privada, começou em 2017, pouco tempo depois de o cantor ter terminado o namoro com a atriz Jennifer Lawrence, de 29 anos. Ao contrário do que aconteceu com Jennifer Lawrence, que não chegou a ser “acolhida” por Gwyneth Paltrow, Dakota Johnson foi imediatamente aprovada e incluída na família do namorado.

A atriz, que se deu imediatamente bem com os filhos de Chris Martin, começou desde logo a encaixar-se na dinâmica familiar muito próxima que Chris Martin mantém com a ex-mulher e o seu atual marido, o argumentista e produtor Brad Falchuk. São vários os programas que fazem em conjunto, nomeadamente férias e até as celebrações do Dia de Ação de Graças, muito importantes nos Estados Unidos.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção