Internacional
Harvey Weinstein expulso da Academia do Óscar
Harvey Weinstein Foto: Reuters
Redação Lux em 16 de Outubro de 2017 às 10:05

A Academia de Hollywood expulsou o produtor Harvey Weinstein, envolvido num escândalo de abusos e assédio sexual.

A decisão foi anunciada num comunicado, no qual a Academia se dirigea toda a indústria cinematográfica.

“Fazemos isto não só para nos separar de alguém que não merece o respeito dos seus companheiros, mas também para enviar a mensagem de que a era da ignorância deliberada e da cumplicidade vergonhosa com os comportamentos sexuais de predadores na nossa indústria acabou (...) O que está em questão é um problema muito grave que a nossa sociedade não aceita."

Segundo a nota, os 54 membros da Academia fizeram uma votação que obteve por uma maioria que superava os dois terços necessários, deciddindo assim pela expulsão imediata de Harvey Weinstein.

Recorde-se que esta é uma atitude inédita por parte da Academia de Hollywood que sempre se manteve à margem dos escândalos tendo rejeitado a expulsão de Bill Cosby, acusado de abusos sexuais por 60 mulheres. Roman Polanski, que continua com uma condenação por abuso sexual em aberto nos EUA e que remonta há 40 anos, não foi expulso da Academia e Mel Gibson também não foi destituído por causa do escândalo quando, em 2006, embriagado, proferiu comentários contra os judeus. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção