Internacional
Redação Lux em 17 de Novembro de 2017 às 19:51
Uma floresta coberta por teias de aranha
1/2 - Floresta nas margens de um riacho no Vale de Soreque, região próxima de Jerusalém, em Israel Foto: Reuters
2/2 - Floresta nas margens de um riacho no Vale de Soreque, região próxima de Jerusalém, em Israel Foto: Reuters

Nos arredores de Jerusalém, uma floresta é coberta por teias de aranha. À primeira vista parecem estalactites, mas rapidamente percebemos que o manto cinzento que cobre as árvores e as plantas desta floresta é obra de aranhas.

Igor Armicach, especialista em aracnídeos e doutorando na Universidade Hebraica de Jerusalém, afirma que este “é um caso excepcional”.

Esta é uma zona rica em nutrientes que atrai mosquitos, uma fonte de alimentação para as aranhas. Com as descidas de temperatura, a população de mosquitos descerá, o que afetará a população de aranhas tecedeiras. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção