Nacional
Nair Coelho em 11 de Julho de 2017 às 20:00
Clara Ferreira Alves lança o livro 'Cenas da Vida Americana' rodeada por amigos

A livraria-bar Menina e Moça, no Cais do Sodré, foi o local escolhido para Clara Ferreira Alves lançar o seu mais recente livro, “Cenas da Vida Americana”. 

A jornalista começou por agradecer aos profissionais da Clube do Autor que trabalharam com ela, uma vez que diz ser “muito chata de aturar e, às vezes, indecifrável”, na compilação dos textos que escreveu sobre uma América que conhece bem.

“Já escrevi muito sobre a América e já lá estive muito tempo. Comecei com o [Ronald] Reagan e fui por aí fora. E estive muito tempo lá. Entre todas as viagens, pequenas e grandes, e o tempo que lá passei, descobri que tinha não um livro, mas três ou quatro, tinha mais de mil páginas escritas sobre a América...”, contou, recordando as viagens aos EUA que mais a marcaram, nomeadamente a primeira, ainda muito jovem, que recorda “pela violência interior, por ser tão diferente da Europa”.  

Margarida Rebelo Pinto esteve no lançamento por admiração e amizade à autora.

“Há muitos anos que sou leitora da Clara. A Clara é uma grande cronista e é daquelas que ensina as pessoas a escrever. Tem um estilo muito próprio, é muito dura, mas pensa muito bem e articula muito bem o pensamento. Gosto de aprender e há dois tipos de escritores: o escritor toupeira e o escritor do mundo, e ela é do mundo. E, como eu sou um bocado toupeira, gosto de ler quem escreve coisas completamente diferentes daquelas que eu escrevo”, disse a escritora. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção