Internacional
Após dupla mastectomia, Angelina Jolie concretiza a remoção dos ovários
Angelina Jolie - sessão de fotos da conferência de imprensa de «Unbroken» em Sydney Foto: Reuters
Redação Lux em 24 de Março de 2015 às 10:11
Angelina Jolie anunciou esta terça-feira (23)  que já se submeteu a uma cirurgia preventiva para retirar os ovários e as trompas de Falópio.

A atriz já tinha revelado a intenção após ter realizado uma  dupla mastectomia também preventiva, há dois anos. Esta forma de prevenção radical, que muitos criticaram, deve-se ao fato de a atriz ter perdido a mãe, a avó e uma tia com cancro. Angelina Jolie explicou que os médicos detetaram que sofre de uma mutação no gene BRCA, o que representa um risco de 87% de desenvolver cancro de mama e 50% de sofrer cancro dos ovários.

A atriz, de 39 anos, submeteu-se na semana passada a uma "salpingo-ooforectomia bilateral laparoscópica", uma operação preventiva na qual são retirados os ovários e as trompas de Falópio.

"Havia um pequeno tumor benigno num ovário, mas não havia indícios de cancro em nenhum dos tecidos", explicou Angelina num  artigo publicado no jornal "New York Times".

" "Não é fácil tomar estas decisões. Mas é possível assumir o controle e enfrentar de frente qualquer problema de saúde.  (...) Sei que meus filhos nunca terão que dizer: 'mamãe morreu de câncer de ovário'", disse na altura em que comunicou a decisão. Recorde-se que Angelina tem seis filhos, três biológicos e três adotados.
 
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção