Nacional
No Dia Mundial do Orangotango, o Jardim Zoológico convida todos a participar numa viagem pelo Sudeste Asiático
Oragotango de Sumatra Foto: Jardim Zoológico de Lisboa
Redação Lux em 18 de Agosto de 2020 às 10:00

No dia 19 de agosto, assinala-se por todo o mundo o Dia do Orangotango. Neste dia, o Jardim Zoológico desafia os visitantes a participarem num peddy paper que dará a conhecer algumas das espécies mais ameaçadas do parque.

O Orangotango-de-sumatra, espécie classificada como “Criticamente em Perigo” segundo a UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza) devido à desflorestação intensa para a produção de óleo de palma e à caça para o comércio ilegal, é apadrinhado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa há mais de 10 anos.

No dia 19 de agosto, data em que se celebra por todo o mundo este grande primata e que pretende sensibilizar para as ameaças que esta espécie enfrenta, o Jardim Zoológico preparou um peddy paper que irá levar todos os visitantes numa fascinante viagem pelas florestas tropicais do Sudeste Asiático. Depois das bilheteiras, aceite o desafio e receba o passaporte que o irá levar a desvendar curiosidades sobre o Orangotango-de-sumatra e outras espécies que habitam essa região do globo.

A aventura termina na exposição “Quebra o Silêncio - Pelas aves de canto”, campanha internacional lançada pela EAZA (Associação Europeia de Zoos e Aquários), cujo foco são as aves e, em particular, as aves de canto do Sudeste Asiático. Esta campanha pretende consciencializar para a eminente extinção de várias espécies de aves de canto, procurando criar condições que tornem possível a sua futura reintrodução no habitat natural. O Jardim Zoológico participa neste projeto desde 2018, e conta agora também com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Todos os participantes que completarem o peddy paper irão receber uma surpresa.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção