Nacional
Sandra Cóias deixou de comer carne há 18 anos, quando salvou um bezerro
Sandra Cóias - Evento Sumos Detox no espaço Montes Claros Foto: Ricardo Santos/Lux
Redação Lux em 14 de Outubro de 2014 às 08:29
Defensora convicta dos direitos dos animais, Sandra Cóias deixou de comer carne há 18 anos e decidiu agora render-se ao veganismo, um modo de vida que procura eliminar toda e qualquer forma de exploração animal.

«Dentro do vegetarianismo há uma série de patamares, e um vegan não come absolutamente nada que contenha produtos de origem animal. Nem manteiga nem leite nem queijo¿ Sou vegan há quase um ano e era algo que queria desde

o momento em que me tornei vegetariana¿, contou à Lux.

A primeira grande mudança na alimentação e na vida da atriz, de 42 anos, aconteceu quando decidiu nunca mais comer carne, na sequência de um episódio que a marcou para sempre: «Foi a 22 de maio, há 18 anos. Estava na herdade do meu pai, quando nasceu um bezerro. A mãe rejeitou-o, e tive de ser eu a tratar dele, a dar-lhe biberão¿ E aquilo mexeu comigo. Nesse dia, era ensopado de borrego para o jantar. E eu disse não.»

O amor e o respeito pelos animais constituem motivação suficiente para que Sandra Cóias abdique do prazer de comer carne: «Eu adorava! Comia bife tártaro, comia carne crua! Não deixei de comer carne por ter deixado de gostar, foi uma opção que fiz. Há uma frase que pode chocar um bocadinho, que é: «Para o meu prazer, eles vão ter de sofrer. É um bocadinho assim¿ Para eu ter dez minutos de

prazer a comer carne, a vida que aquele animal teve de ter e o sofrimento pelo qual teve de passar para chegar ao meu prato... Isso para mim não é aceitável», afirmou.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção