Notícias
Saúde: Correção de dentes sem usar aparelho
Antes - Caso apresentado pela médica-dentista Esmeralda Martins Foto: DR
Redação Lux em 5 de Dezembro de 2014 às 08:00
Durante anos e anos Joana resistiu a usar aparelho. Foi uma opção de rebeldia na adolescência e assim se fez mulher. Como defesa, adotou, ao longo dos anos, uma expressão séria e habituou-se a abrir pouco a boca quando falava. Ganhou um semblante fechado e sisudo. Tudo para não mostrar os dentes.

Com a idade, o sorriso com os dentes tortos e apinhados passou a ser um problema sério, um objeto de vergonha com implicações na sua autoestima e na relação com os outros.

Contudo, as coisas mudam e há momentos na vida em que decidimos agir para mudar o que não gostamos. Foi num desses momentos de determinação que Joana me procurou.

Na casa dos trinta, esta mulher bem parecida só tinha, na verdade, um problema estético mas trazia-me uma questão, desejava muito reabilitar o seu sorriso sem ter de recorrer a ortodôncia (isto é, usar aparelho).

A resistência em usar aparelho existia por mera vaidade mas também porque a obrigaria a assumir que estava a finalmente a corrigir os dentes. Além disso, uma razão pragmática: Joana está a viver atualmente em Bruxelas, o que tornaria mais complicado realizar as consultas de ortodôncia.

A solução perfeita para o caso de Joana e que se encaixava no seu estilo de vida foi fazer uma reabilitação rápida e eficiente com coroas e facetas.

Redesenhei a linha da gengiva e realizei um desgaste mínimo nos seus dentes ¿ sem os destruir! - para colocar coroas e facetas imediatas em dissilicato de lítio feitas na hora no sistema CEREC by Sirona.

Na imagem, pode ver-se o resultado apenas um mês depois!

Sem dor, sem aparelhos, de forma célere e prática Joana passou a ter um sorriso harmonioso e alinhado.

O seu sorriso quando segurou o espelho foi de espanto e admiração total e logo de seguida uma alegria gigante. Resolvera o seu problema. E como ficara mais bonita e atraente!

A solução que encontrei para Joana pode ser uma inspiração para tantas pessoas que vivem anos a adiar o uso de aparelho que lhes foi recomendado pelo dentista. Chega a uma altura em que se muitos se acham «velhos demais» para usar o aparelho. Apesar de ser cada vez mais corrente encontrarmos pessoas a realizar ortodôncia em idade mais avançada, é certo que associamos esse tipo de intervenção a crianças e adolescentes. E muitos adultos sentem-se apavorados e intimidados com essa sugestão.

Chamo por isso a atenção para a existência de novos processos. A tecnologia na estética dentária evoluiu muito e está sempre a evoluir permitindo soluções rápidas e eficientes para reabilitar sorrisos, corrigindo espaços, dentes partidos, falhas, manchas. O uso de coroas e facetas, para mais com a possibilidade, de serem executadas e colocadas na hora, veio acelerar processos antes morosos e muito desconfortáveis para os pacientes.

Há por isso razões para todos sorrirmos!

Esmeralda Martins

Médica-dentista

Clínica MilénioRua Manuel Silva Leal, 11-C 1600-166 Lisboa

t +351 217 277 265

f +351 217 277 264

www.facebook.com/Esmeraldamartinsdentista
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção