Internacional
Redação Lux em 19 de Junho de 2015 às 13:00
Acompanhado pela mulher e pelos filhos, Michael Douglas recebe «Prémio Nobel Judaico»
Michael Douglas foi distinguido com o Prémio Genesis, aquele que é considerado o «Prémio Nobel Judaico», numa cerimónia em Jerusalém, Israel.

O ator, de 70 anos, foi acompanhado pela mulher, Catherine Zeta-Jones, e pelos filhos Dylan, de 14 anos, e Carys, de 12, que se mostraram muito emocionados durante a cerimónia.

Michael Douglas foi homenageado com este prémio devido ao seu trabalho, considerado de excelência, no sentido em que interpretou sempre as suas personagens sem nunca desrespeitar os valores e a comunidade judaica.

O prémio, no valor de 3,5 milhões de dólares, foi atribuído pelo Grupo Filantrófico Genesis, fundado por empresários russos/judeus que criam programas de apoio à comunidade judaica.

Recorde-se que o pai do ator,  Kirk Douglas, é judeu mas a sua mãe, Diana Dill, não. "Pensei que se tinham enganado porque a minha mãe não é judia" revelou Michael Douglas confessando: "Vi isso como uma barreira toda a minha vida".

Douglas revelou que  tenciona usar o dinheiro do prémio para chegar a outros judeus de famílias com credos mistos e ajudá-los a conectarem-se com a comunidade judaica. O ator planeia fundar um programa de ajuda através da Hillel, fundação norte-americana presente nas universidades, para chegar a um maior número de estudantes judeus filhos de pais de credos mistos. 
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção