Nacional
Sara Sampaio abre o coração em vídeo emotivo para falar de depressão
Sara Sampaio - Moda - Vencedoras Personalidades Femininas Lux 2018 Foto: DR
Redação Lux em 6 de Julho de 2020 às 10:58

Sara Sampaio gravou um vídeo para partilhar com os fãs questões sobre a saúde mental, focando ataques de pânico, ansiedade e depressão como temas que cada vez vê mais urgentes face ao aumento de casos potencializado pelo isolamento trazido pela Covid-19.

A modelo de 28 anos, que já havia no passado falado sobre os ataques de pânico que sofria, lembrou como a experiência foi devastadora.

"Começou a ser muito difícil para mim trabalhar, mas ainda bem que estou rodeada de pessoas que me amam", garantiu, afirmando que o seu agente e os amigos procuraram ajuda para que fosse acompanhada.

Sara Sampaio mostra-se entristecida com a forma como os assuntos de saúde mental são tratados nos media, apontando uma das capas da revista Vogue portuguesa, numa edição intitulada "Loucura". "Parece um daqueles hospitais psiquiátricos que torturavam. Aquilo provocou-me pela forma como a saúde mental é tratada na imprensa, especialmente em Portugal, por causa da minha própria experiência", frisou.

A Vogue explica a sua capa: "Uma das capas mostra um cenário de hospital onde a modelo está a ser cuidada pela sua mãe e avó, na vida real, fotografadas pelo fotógrafo Branislav Simoncik. A nossa intenção é abrir o tópico da saúde mental e trazer para a mesa de discussão as instituições, a ciência e as pessoas que estão envolvidas com a saúde mental nos tempos que correm. O editorial que faz esta capa explora o contexto histórico da saúde mental e foi imaginado para refletir histórias autênticas e da vida real, inspirado por uma pesquisa profunda de centenas de imagens de reportagem retiradas dos mais relevantes e famosos documentários que captaram este género de instituições. No interior da edição, encontram-se entrevistas e contributos de psiquiatras, sociólogos, psicólogos e outros especialistas na área. A saúde mental é apenas um dos tópicos abordados nesta edição e nunca é confundido com o tema "loucura", é antes abordado como um lado do comportamento humano. Reconhecemos a importância do tópico da saúde mental e a nossa intenção, através da narrativa visual, é colocar o holofote nos assuntos mais relevantes dos dias que correm."

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

🇵🇹 A nossa edição de julho/agosto, "The Madness Issue", tem como tema a loucura, com quatro capas diferentes pensadas para abordar diferentes dimensões do comportamento humano, numa altura em que a pandemia global colocou as pessoas em confinamento. Uma das capas mostra um cenário de hospital onde a modelo está a ser cuidada pela sua mãe e avó, na vida real, fotografadas pelo fotógrafo Branislav Simoncik. A nossa intenção é abrir o tópico da saúde mental e trazer para a mesa de discussão as instituições, a ciência e as pessoas que estão envolvidas com a saúde mental nos tempos que correm. O editorial que faz esta capa explora o contexto histórico da saúde mental e foi imaginado para refletir histórias autênticas e da vida real, inspirado por uma pesquisa profunda de centenas de imagens de reportagem retiradas dos mais relevantes e famosos documentários que captaram este género de instituições. No interior da edição, encontram-se entrevistas e contributos de psiquiatras, sociólogos, psicólogos e outros especialistas na área. A saúde mental é apenas um dos tópicos abordados nesta edição e nunca é confundido com o tema "loucura", é antes abordado como um lado do comportamento humano. Reconhecemos a importância do tópico da saúde mental e a nossa intenção, através da narrativa visual, é colocar o holofote nos assuntos mais relevantes dos dias que correm.

Uma publicação partilhada por Vogue Portugal

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção