Nacional
Raquel Gaião Silva leva documentário das 'Guardiãs do Sado' à ONU
Raquel Gaião Silva leva documentário das 'Guardiãs do Sado' à ONU
Redação Lux em 3 de Setembro de 2019 às 11:50

Raquel Gaião Silva,  voluntária na Ocean Alive, a primeira associação em Portugal dedicada à protecção do oceano, decidiu fazer um vídeo para mostrar às Nações Unidas (ONU) o exemplos da acção local da associação que incentiva as mulheres da comunidade piscatória do estuário a mapear e monitorizar as pradarias marinhas, através das chamadas "Guardiãs do Sado".

O mini-documentário de três minutos passou à segunda fase do concurso internacional da Global Youth Video Competition  evai ser o único projeto português a ser exibido na Cimeira do Clima da ONU, que se realiza a 23 de Setembro, em Nova Iorque. 

Até 7 de Setembro, todas as visualizações do vídeo disponível no YouTube contam para levar Raquel Gaião Silva e a preservação das "florestas marinhas" do estuário do Sado às Nações e poderão levar à participação na cobertura mediática da Conferência das Partes (COP25), que se realiza em Dezembro, no Chile.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção