Nacional
Vasco Pereira em 2 de Outubro de 2016 às 15:13
Fotos: José Pedro Gomes estreia "Filho da Treta" após mais de um mês em coma

Voltar a ver José Pedro Gomes em cena, depois do ator ter estado mais de um mês em coma, foi um dos fatores que fez encher o Auditório dos Oceanos, no Casino de Lisboa, na estreia da peça “Filho da Treta”.

“Tenho pelo José Pedro Gomes uma grande admiração. É um grande ator! Fiquei muito feliz por poder estar aqui na sua estreia, depois da fase de grande sofrimento por que passou. Estou muito feliz por vê-lo em cena com o talento de sempre e com um dom de comicidade fantástico!”, disse Eunice Muñoz, que se divertiu na primeira fila.

O ator, que no passado partilhou o palco com António Feio, no espetáculo “Conversa da Treta”, volta agora, com António Machado, ao mesmo registo de comédia.

“Continuo com o António, só que é o Machado! [risos] É muito bom trabalhar com ele, é generoso e muito bom ator”, afirmou José Pedro Gomes, admitindo que também ele desejava muito regressar ao teatro. A cumplicidade entre os protagonistas é um dos ingredientes para o sucesso da peça. “Acho que um dos segredos da ‘Treta’ é divertirmo-nos em cena. Acredito que as pessoas sentem isso”.

Para António Machado, a participação neste espetáculo é marcante para a sua carreira: 

“É um presente muito grande! O texto é muito giro e é uma maravilha dividir o palco com o Zé Pedro”. Apesar de ressalvar que não está a substituir António Feio, o ator não esconde que é inevitável recordar o colega já falecido: “Toda a genética da peça está cá e temos algumas referências ao ‘meu pai’”, explicou, garantindo acreditar que “ele há de estar aqui a ver e há de estar muito feliz!”. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção