Internacional
Geoffrey Rush recebe indemnização milionária após ter sido acusado de assédio
Geoffrey Rush - Gala G¿Day USA Black Tie em Los Angeles Foto: Reuters
Redação Lux em 2 de Julho de 2020 às 16:33

O ator australiano Geoffrey Rush, de 68 anos, que foi  acusado de "comportamento inadequado" com uma atriz não identificada, em 2017 acaba de ganhar o processo de difamação que colocou à empresa Nationwide News e ao jornalista Jonathan Moran, pelos artigos publicados em novembro de 2017.

A Justiça australiana confirmou esta quinta-feira que o grupo Nationwide News terá de indemnizar o ator, que recebeu um Oscar por "Shine", com uma quantia milionária: cerca de 2,9 milhões de dólares australianos (1,8 milhões de euros).

O Tribunal Federal da Austrália negou provimento ao recurso da Nationwide News, proprietária do "Daily Telegraph" e subsidiária da News Corp Australia, contra uma decisão datada de maio de 2019 que obrigava a empresa a pagar a dita indemnização por difamação.

Os três juízes  do Tribunal Federal indicaram que não estão "convencidos de que houve algum erro do juiz" que examinou o primeiro processo, considerando que a indemnização poderia ter sido ainda maior, de acordo com a decisão publicada no portal judicial.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção