Nacional
Vanessa Bento em 15 de Janeiro de 2012 às 09:08
Sofia Jardim e Domingos Amaral batizam a filha, Maria da Luz, em cerimónia familiar
Seguindo a tradição familiar, Domingos Amaral e Sofia Jardim decidiram batizar a filha mais nova do casal, numa cerimónia íntima, onde estiveram presentes os familiares mais chegados.

Numa coincidência que acaba por ser simbólica, Maria da Luz, de 4 meses e meio, recebeu o primeiro sacramento da Igreja Católica precisamente no mesmo dia em que Sofia Jardim o recebeu, há 37 anos.

«Acho muito giro ter calhado no mesmo dia em que fui batizada. Não marcámos para hoje, dia 7 de janeiro, propositadamente por isso, foi um conjunto de fatores. Mas quando percebemos que seria no mesmo dia que eu, achámos muita piada. E ficou», explicou Sofia à Lux.

«Eu acho que é muito importante dar este sacramento às nossas filhas. Fui educada assim e o Domingos também e é essencial que as nossas filhos também o sejam. Para nós faz todo o sentido que sejam batizadas», assumiu.

A cerimónia, que decorreu na Igreja da Memória, na Ajuda, foi celebrada por um padre amigo da família. Maria da Luz portou-se muito bem durante toda a celebração e cumpriu outra tradição da família Jardim ao vestir o vestido com que Carmo Jardim foi batizada há 59 anos e que tem passado de geração em geração.

Para madrinha de Maria da Luz, Sofia e Domingos escolheram Pimpinha. Uma decisão cheia de simbolismos, como a própria nos explicou. «Ser madrinha é uma grande responsabilidade. Considero que a madrinha é uma segunda mãe para qualquer criança. É assim que vejo as coisas. Eu e a Sofia temos uma relação muito especial, passamos os dias juntas e estou muito presente na vida deles. E, em parte, também me considero responsável pela união do Domingos e da Sofia. Fui eu que os juntei e esta é uma forma de eles fazerem com que eu faça ainda mais parte da família», asseverou Pimpinha.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção