Internacional
Lindsay Lohan defende Harvey Weinstein após denúncias de assédio sexual
Lindsay Lohan - Evento amfAR's Cinema Against AIDS 2017 (25.05.17) Foto: Reuters
Redação Lux em 11 de Outubro de 2017 às 18:00

Lindsay Lohan saiu em defesa do produtor Harvey Weinstein que enfrenta várias acusações de assédio sexual reveladas no âmbito de uma investigação feita pelo The Bew York Times.

“Sinto-me muito mal por Harvey Weinstein neste momento. (...) Não acho certo o que está a acontecer", defendeu a atriz num video que acabaria por apagar mas que, entretanto já tinha sido "apanhado" nas redes sociais".

Lindsay, de 31 anos, revelou ainda que trabalhou inúmeras vezes com o produtor e que nunca lhe reconheceu nenhum comportamento incorreto: “Ele nunca me prejudicou nem fez nada comigo. Nós trabalhámos juntos em muitos filmes. Acho que devem todos parar. É errado”

Lindsay Lohan acrescentou ainda que a mulher, Georgina Chapman, deveria sair publicamente em sua defesa.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção