Internacional
Brad Pitt diz que a sua era como ator chega ao fim: 'é um jogo de um homem mais novo'
Brad Pitt na antestreia de "The Lost City of Z" em Los Angeles 05.04.17 Foto:Reuters
Redação Lux em 5 de Julho de 2019 às 17:35

Brad Pitt é um ícone de Hollywood. No entanto, segundo revelou numa entrevista à revista GQ da Austrália, sente que a sua era como ator está a chegar ao fim e crê que o seu futuro passa mais pela produção de filmes.

O ator de 55 anos, que brilha ao lado de Leonardo DiCaprio, de 44, no último filme de Tarantino "Era Uma Vez em... Hollywood", confessou: "Estou por trás da câmara do lado produtor e gosto muito disso. Mas continuo a fazer menos e menos filmes. Realmente acredito que, no geral, é um jogo de um homem mais novo - não que não haja partes substanciais para personagens mais velhas - eu apenas sinto que, o jogo em si vai seguir em frente naturalmente. Haverá uma seleção natural para tudo".

Recorde-se que Brad Pitt saltou para a ribalta  quando surgiu em "Thelma & Louise", em 1991, há 28 anos.

O ator, continuamente referenciado como um dos mais belos e charmosos homens de Hollywood, assumiu a produção já  filmes como 12 Years A Slave, Selma e Moonlight nos últimos anos, com a sua produtora, simbolicamente chamada "Plan B". 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção